Pessoas produtivas: é permitido ter dias SEM MOTIVAÇÃO, ok? - amplavisão » blog

Na manhã de sexta-feira passada, depois de uma semana muito produtiva, entrei no escritório, sentei-me na minha mesa e enviei uma mensagem à minha irmã: “Hoje estou com zero motivação, achando difícil ser produtiva”. Ela respondeu que ela já se sentiu de forma semelhante e admitiu que, sem prazos iminentes, era uma luta se concentrar em itens antecipadamente.
Eu não chequei com ela mais tarde para  saber o que ela realizou em seu dia decididamente desmotivado, mas tenho certeza, que como eu, ela conseguiu resolver algumas das tarefas mais tediosas ou administrativas em seu dia.

“A verdade é que a falta de motivação às vezes não é anormal, é natural.”

Você pode dizer com certeza de que você está 100% animado a trabalhar em 100% do tempo? Não, penso eu. Ainda assim, se você tender para o perfeccionismo ou simplesmente em prosperar a fazer um trabalho bom e a trabalhar duro, aproveitar os períodos de ócio no dia útil ou na semana pode ser bom. Há pesquisas que nos dão embasamento nesse sentido!

Um artigo do Business Insider explica:

“Não se trata de tentar aumentar sua motivação, mas aproveitá-la bem enquanto você a sente”.

E você provavelmente já está fazendo isso e nem sabe. Quando você está motivado, você faz as coisas. Muitas coisas. Você encerra projetos que estavam perto da conclusão. Você começa uma nova tarefa de forma substancial. Você limpa sua caixa de entrada, arruma tempo para uma sessão de brainstorming com colegas de trabalho e coloca sua cabeça em foco enquanto a motivação flui através de seu corpo em forma de energia. É um bom sentimento, um psicólogo e diretor de um laboratório em Stanford, BJ Fogg (vídeo mais abaixo, em Inglês), diz para seguir surfando a “onda de motivação”, como ele mesmo denomina o sentimento. Ele explica que ela existe para nos ajudar a fazer as coisas mais difíceis.

Então, quando você está sentindo essa onda, você deve surfá-la ao máximo. Faça a ligação que você adiou, comece a planilha que estava ansioso para iniciar, fale com a sua equipe sobre a ideia que deseja testar – tudo que pareceria assustador para você em uma tarde desmotivada, será mais do que possível quando você está se sentindo inspirado e conduzido pela “onda de motivação”.

Ao invés de se debater nos momentos em que você luta com só a metade do trabalho feito e o acúmulo de cansaço do que você fez no dia anterior, permita-se aceitar que, às vezes, é assim que é. Se você está inconscientemente empurrando-se em certos dias, então você provavelmente pode relaxar um pouco sabendo que quando você estiver estimulado, você estará realmente, mais ou menos, fazendo duas vezes mais o seu trabalho. Aceite a inevitável letargia e gerencie-a!

Então, no próximo dia ou semana, quando a sua motivação estiver plena novamente, você pode abraçar os aspectos desafiadores do seu trabalho.

Stacey Lastoe para o The Muse.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *